Oferta de parceria de extração de Ouro em cessão de área de   3.104,37 ha - Em fase de Pesquisa(AMN)

O mandato desta oferta finaliza dia 30/11/2021, às 18h ou a qualquer momento.

Detalhamento


I - Área de Extração, com processo na ANM (agência Nacional de Mineração)

Área de Exploração equivalente a aproximados 3000 campos de futebol, com exatos 3.104,37 (ha) 
Latitude do ponto de amarração: +00°44'04''271 Longitude do ponto de amarração: -51°50'38''003

Área (ha): 3.104,37
Tipo de requerimento: Requerimento de Autorização de Pesquisa
Fase atual: Requerimento de Pesquisa
Ativo: Sim

Substâncias: MINÉRIO DE OURO
Tipo de Uso: INDUSTRIAL
Municípios: PEDRA BRANCA DO AMAPARI /AP

Ultimos Eventos:

236 - AUT PESQ/DOCUMENTO DIVERSO PROTOCOLIZADO - 30/09/2021
641 - AUT PESQ/MULTA APLICADA-TAH - 10/02/2021
635 - AUT PESQ/AUTO INFRAÇÃO MULTA-TAH - 07/10/2020 

Documentos que já compõem o processo:
- Memorial descritivo 
- Planta de situação da área 
- Plano dos trabalhos de pesquisa 
- Orçamento de pesquisa
- Cronograma de pesquisa 
- Prova de recolhimento de emolumentos  
- A.R.T. do plano de pesquisa 
- A.R.T. do memorial descritivo 
- A.R.T. da planta de situação/detalhe

II - Nossa Expectativa

1) NOTÍCIA em 31/05/2018 - G1
Mineradora mapeia duas novas áreas para exploração de ouro em mina no Amapá. 
Na maior delas, foi identificada a descoberta de até 22,5 gramas de ouro por tonelada. Atividades da mina Tucano, em Pedra Branca do Amapari, acontecem desde 2012.

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/mineradora-mapeia-duas-novas-areas-para-exploracao-de-ouro-em-mina-no-amapa.ghtml

Nossa área está localizada também na mesma cidade da mineradora Tucano: em Pedra Branca.

2) É possivel também empreender a extração em condomínio mineral, via PLGs.

3) Em informações extra-oficiais de equipes do anterior proprietário (que foi empedido legalmente de extrair), a área sinaliza  200T e deverá ser confirmada em estudos.

4) Além do ouro a área tem muito manganêz e a região é fluente em tantalita, cassiterita e nióbio.



III - MEMORIAL DESCRITIVO

Imóvel: RETIRO
Proprietário: E. C. S. GOMES
Município & Comarca : PEDRA BRANCA DO AMAPARI UF: AMAPÁ
Área (ha): 3.102,5390 Ha - Perímetro (m): 34.641,92 m

Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice V1, de coordenadas N 10.081.195,41 m. e E 406.100,45 m., deste, segue com azimute de 90°00'00" e distância de 2.607,64 m., até o vértice V2, de coordenadas N 10.081.194,92 m. e E 408.708,09 m.; deste, segue com azimute de 180°00'00" e distância de 3.079,54 m., até o vértice V3, de coordenadas N 10.078.115,39 m. e E 408.707,53 m.; deste, segue com azimute de 90°00'00" e distância de 6.061,46 m., até o vértice V4, de coordenadas N 10.078.114,35 m. e E 414.768,99 m.; deste, segue com azimute de 180°00'00" e distância de 4.171,29 m., até o vértice V5, de coordenadas N 10.073.943,06 m. e E 414.768,32 m.; deste, segue com azimute de 270°00'00" e distância de 2.906,21 m., até o vértice V6, de coordenadas N 10.073.943,52 m. e E 411.862,12 m.; deste, segue com azimute de 0°00'00" e distância de 2.996,92 m., até o vértice V7, de coordenadas N 10.076.940,44 m. e E 411.862,61 m.; deste, segue com azimute de 270°00'00" e distância de 7.163,92 m., até o vértice V8, de coordenadas N 10.076.941,69 m. e E 404.698,70 m.; deste, segue com azimute de 0°00'00" e distância de 2.929,66 m., até o vértice V9, de coordenadas N 10.079.871,34 m. e E 404.699,24 m.; deste, segue com azimute de 90°00'00" e distância de 1.400,97 m., até o vértice V10, de coordenadas N 10.079.871,08 m. e E 406.100,20 m.; deste, segue com azimute de 0°00'00" e distância de 1.324,33 m., até o vértice V1, de coordenadas N 10.081.195,41 m. e E 406.100,45 m.; ponto inicial da descrição deste perímetro.

Todas as coordenadas aqui descritas estão georreferenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro e encontram-se representadas no Sistema UTM, referenciadas ao Meridiano Central -51WGr/EGr , tendo como o Datum o SIRGAS2000 . Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetros foram calculados no plano de projeção UTM.

Pedra Branca do Amapari-AP, 17 de setembro de 2018.  



Área

Em Pedra Branca do Amaparí

A ferrovia de Serra do Navio até o porto de Santana, também terá em breve uma via para o PORTO NORTE DO BRASIL.

A notícia de reativação da ferrovia, potencializa as extrações  31 quilômetros na mina

informações importantes !



1º – O Mercado de minérios, principalmente do Ouro, ao longo dos vários anos tem se configurado num excelente e seguro negócio, crescente e confiável, que nos últimos 2 anos rentabilizou mais de 50% aos investidores no Brasil.

2º – As riquezas minerais, principalmente do ouro é um fato, e nos últimos 19 anos a liberação de áreas para exploração foi irrisória, bem como o baixíssimo investimento para pesquisas em todo país, onde chegamos a apenas R$ 0,60 por ha.

3º – A mineradora vizinha, também situada em Pedra Branca do Amaparí no AMAPÁ, está com um resultado excepcional, extraindo 22,5 g de ouro por tonelada de terra, e o AMAPÁ nem consta nos relatórios oficiais junto aos outros estados potenciais, como é o caso de Minas Gerais que detém 66% (51,96 toneladas) de ouro por ano.

4º – Eatamos habilitados junto ao Governo Federal pela ANM (Agencia Nacional de Mineração), para início das pesquisas para exploração de minérios em nossa área de 31.000 ha.

5º – Em estudo prévio teremos a possibilidade de confirmar a expectativa de 200 T, INFORMAÇÃO EXTRA-OFICIAL, DO ULTIMO PROPRIETÁRIO, QUE POR MOTIVOS DE JUSTIÇA TEVE QUE ABRIR MÃO DA ÁREA.

6º – A logística para o escoamento de minério contará com estrada de ferro que passa em nossa mina e o projeto do maior porto do hemisfério norte já em andamento, configurando assim o melhor cenário logístico do Brasil para mineradoras.

7º – A Média de exploração do ouro em nossa área será de 2% a 5% ao ano, e até 2027 (6 anos de extrações) teremos extraído apenas 19% da área total. Os 81% restantes será extraído entre 20 a 30 anos de exploração.

8º – A tecnologia adotada não poderá usar mercúrio nem cianeto, sendo nossa condição para fechamento de parceria.

9º – A Previsão de inicio de retorno de investimento é de no máximo 6 meses.

10º– Estamos em uma área mineral riquíssima, existem muitas tecnologias inovadoras e eficientes, visando a excelência em gestão, promovendo o crescimento sócio econômico e ambiental na região, para efetivamente compartilhar com nossos investidores, parceiros, executivos e funcionários, toda riqueza que nos aguarda no futuro.



IV - PARCERIA

- O Parceiro investidor deverá efetuar os estudos da área (escolhendo seus próprios profissionais e laboratórios) 
- O Parceiro ou empresa parceira deverá efetuar um down payment de R$ 400.000,00 (quantrocentos mil reais) ao  proprietário, como forma de ingressar no negócio.
- O Investidor parceiro será responsável e dono pela operação em parceria com equipe de administração do proprietário, que apoiará e supervisionará as operações observadas em contrato quanto ao projeto e suas metas.
- O proprietário oferta 70% da rentabilidade líquida da extração de ouro da área para parceiro investidor, por 10 anos, podendo ser renovada por mais 10 anos.

V - Comissionamento no down payment

40% Venda(Fechada)
2,0 % intermediários
4,0% Compra

Obs: as esquipes de venda,intermediação e compra receberão do proprietario valor residual a ser combinado dentro da parceria dos 10 anos.

VII - LOI (Carta de intenção de parceria)

Deverá ser encaminhada ao e-mail contato@alefdigital.com.br aos cuidados Do Sr. Marcelo Macedo (Mandate de Venda/Parceria)

Se ainda houver dúvidas, ligar para o Contato (91) 98145-1116 OU 99190-6868



© Copyright 2021 | Alef Digital - All Rights Reserved